in

Suspeito de matar adolescente em SC, ex-namorado foi ao velório da vítima e teve outra atitude impactante

Jovem foi encontrada sem vida em uma mata na cidade de Campo Belo do Sul (SC).

GIRO MT

O caso de morte da jovem Ana Kemili, de 14 anos, gerou uma forte comoção nacional no início do ano. Desaparecida por dois dias, a jovem foi encontrada sem vida, amarrada em uma árvore situada em um área de mata na cidade de Campo Belo do Sul, do Sul.

Publicidade

Em um primeiro momento, um adolescente de 15 anos foi preso após confessar envolvimento no crime bárbaro. Após meses de investigações, a Polícia Civil de Santa Catarina constatou que um ex-namorado dela foi o responsável pelo crime, tendo ajuda da irmã de 19 anos na ação. Ambos foram denunciados pelo crime de feminicídio. Ele ainda responderá por ocultação de cadáver e corrupção de menor.

Frieza total

De acordo com informações do portal NSC, o suspeito de matar Ana Kemili chegou a ajudar nas buscas pela jovem, que mobilizou toda a pacata cidade catarinense. Além disso, ele compareceu ao sepultamento da jovem, como se nada tivesse acontecido. 

Publicidade

A prisão do jovem de 21 foi oficializada pela Polícia Civil na última quinta-feira (17). Os investigadores constataram que ele tinha uma “paixão mórbida” pela adolescente. Os dois tiveram um namoro entre 2018 e 2019, relação esta que, segundo o Ministério Público, acabou após ele agredir a moça com um soco. 

Publicidade

Segundo a avó de Ana Kemili, a neta e o suspeito foram criados juntos. Durante o período de buscas pela adolescente, o jovem chegou a ir até a casa da vítima para consolar os familiares dela. 

Publicidade

“Ele [suspeito] e a mãe dele vieram aqui em casa. Ele não chegou a entrar, mas ficou na parte de fora conversando com o meu marido como se nada tivesse acontecido”, disse a avó da vítima em entrevista ao NSC. 

Segundo o Ministério Público, a irmã do suspeito que também foi denunciada pelo crime foi até a casa de Ana Kemili e a convenceu a sair para que a vítima a acompanhasse até parte do caminho. Na sequência, a adolescente foi atraída pelo seu vizinho, a ir até um local onde o ex-namorado estava. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade