in

Bolsonaro perde a linha com jornalistas e manda membros da própria equipe ‘calar a boca’; vídeo

Chefe do Executivo cumpriu agenda nesta segunda-feira (21), no interior de São Paulo.

MARCOS CORRÊA/PR/FOTOS PÚBLICAS

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cumpriu agenda em Guaratinguetá, no interior de São Paulo, nesta segunda-feira (21) e protagonizou uma cena polêmica ao ser questionado sobre a não utilização de máscara. Irritado, o chefe do Executivo disparou duras críticas à Globo e mandou uma repórter calar a boca.

Publicidade

Bolsonaro acompanhou uma cerimônia de formação da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR). Chegando no local, o presidente abraçou e cumprimentou apoiadores que se aglomeraram no local. Ele não fazia o uso de máscara facial.

Questionado sobre a marca negativa de 500 mil mortes que o Brasil alcançou no último final de semana, Bolsonaro disse lamentar. Após a realização do evento, o presidente foi indagado sobre o não uso do equipamento de proteção individual em uma “motociata” que ele promoveu neste mês, onde acabou sendo multado. 

Publicidade

Publicidade

Na conversa com membros da imprensa, o presidente acabou falando em tom áspero ao defender o tratamento precoce contra a Covid-19, com medicamentos cuja eficácia científica contra a doença não foi constatada.

Publicidade

Antes de disparar críticas contra a Globo e a jornalista que tentou lhe fazer uma pergunta, Bolsonaro repreendeu seus apoiadores que o acompanhavam. “Dá pra calar a boca aí atrás, por favor“, disparou o chefe do Executivo.

Engrossou o tom

Pouco depois, uma repórter da TV Vanguarda, afiliada da Globo, tentou fazer uma pergunta, mas foi interrompida pelo presidente, que disparou duras críticas à emissora.

“Cala a boca. Vocês são canalhas. Fazem um jornalismo canalha, vocês fazem. Canalha, que não ajuda em nada. Vocês não ajudam em nada. Vocês destroem a família brasileira. Destroem a religião brasileira. Vocês não prestam. A Rede Globo não presta”, disparou Bolsonaro. 

Depois da resposta ríspida na profissional, Bolsonaro deu por fim a entrevista coletiva com os jornalistas e saiu do espaço.

Publicidade
Publicidade
Publicidade