in

Suspeitos de matarem professora e diretora de creche por engano são presos

Professora e diretora foram mortas na manhã do dia 24 de maio, após ação de criminosos.

Reprodução Record TV

A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta semana dois homens suspeitos de terem participado do assalto que terminou na morte de professora e diretora de creche. O crime aconteceu no dia 24 de maio, na zona leste, quando as profissionais de educação estavam indo para a creche.

Publicidade

O caso repercutiu na cidade. Havia três mulheres no carro que foi interpelado por bandidos em via da zona leste. A polícia acredita que os criminosos tenham feito confusão e acabaram atirando nas pessoas erradas. Imagens de câmera de segurança de um posto de gasolina mostrou o momento em que o carro do dono do posto de combustível deixou o local.

O veículo era preto e parecido com os das profissionais de educação. Os bandidos se confundiram e perseguiram o veículo errado. Em determinado momento, cercaram o carro e queriam o dinheiro do posto de combustível. Os criminosos abriram fogo, pensando que o veículo fosse blindado. A diretora e a professora morreram na hora, pois o veículo não tinha blindagem.

Publicidade

A terceira mulher que estava no carro não foi atingida pelos disparos. No mesmo dia, bandidos roubaram o carro onde estava o dono do posto de gasolina e levaram R$ 40 mil. Com a prisão dos dois suspeitos, a polícia deve descobrir mais algumas coisas.

Publicidade

O objetivo é saber se há outros participantes no crime que chocou São Paulo e tirou a vida de duas jovens profissionais da educação que trabalhavam com crianças na zona leste. A creche ficou de luto com a morte da professora e diretoria e houve até suspensão das aulas por alguns dias.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!