in

Menino de dois anos saiu de casa sozinho e ficou desaparecido 36 horas

Noah estaria tentando encontrar seu pai, que saíra antes do amanhecer para o trabalho.

Instagram Notícias Maia

Noah deu um susto enorme em seus pais e todo um país, que se comoveu com seu desaparecimento. O menino, de apenas dois anos, ficou desaparecido durante 36 horas, em Proença-a-Velha, uma aldeia de Portugal. Ele saiu sozinho de casa, na madrugada de quarta-feira (16) e foi encontrado, com vida, no final de quinta-feira. A polícia acredita que não aconteceu qualquer crime, nem negligência da parte de seus pais. Tudo não teria passado de um susto enorme, de uma criança que se perdeu, mas as investigações continuam. 

Publicidade

Noah ficou desaparecido por 36 horas

O caso de Noah ganhou visibilidade no final do dia de quarta-feira. Nas redes sociais, amigos da família começaram divulgando o rosto da criança, que estava desaparecida. Depois das redes sociais, o caso saiu nas notícias e centenas de pessoas se juntaram aos pais e policiais nas buscas pelo menino.

Durante esta quinta-feira, mais de 24 horas depois de seu desaparecimento, as pessoas começaram a temer o pior. Porém, no final do dia, chegou a melhor das notícias. Noah foi encontrado com vida, quatro quilómetros distante de sua casa.

Publicidade

O menino teria caminhado, durante as 36 horas que ficou desaparecido, mais de 10 quilômetros pela mata. Ele estava com ferimentos e desidratado, por todo esse tempo sozinho. Noah continua hospitalizado, mas em situação estável. O menino deve ter alta brevemente e, tudo indica, que ele voltará para junto de seus pais, irmã mais velha e cachorro. 

Publicidade

Menino saiu de casa sozinho de madrugada 

A criança teria se vestido sozinha ainda de madrugada. Noah teria percebido que seu pai saiu para o trabalho e teria tentado seguir o homem. Mãe e irmã estavam dormindo e só perceberam a ausência de Noah quando seriam 8h da manhã. O menino já estaria fora de casa por mais de duas horas. Com ele, faltava também a cachorra da família. 

Publicidade

Começaram logo as buscas pelo menino e foram aparecendo as primeiras pistas. A cachorra foi encontrada não muito longe de casa, junto de uma vedação. O menino passou por debaixo, ela não conseguiu e ficou aguardando seu regresso no local. Ainda se machucou e perdeu algum pêlo tentando passar. Depois, foram encontradas algumas peças de roupa do menino, no meio da mata, até que, no final de quinta-feira, houve o aparecimento do filho. 

O caso aconteceu em uma aldeia isolada, em Portugal. O menino está acostumado a caminhar pela mata e seria uma criança atrevida e mais independente. Os pais amam a natureza, a paz de uma vida junto da horta; e o menino está sendo criado com o mesmo espírito livre. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade