in

Lula diz estar em dúvida se participa de manifestações contra Bolsonaro no sábado

O ex-presidente diz não querer que o ato político acabe se transformando em um ato eleitoral com a sua presença.

Jefferson Coppola/VEJA.com

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira, 17, ainda estar em dúvida se irá participar ou não das manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que estão marcadas para acontecer no sábado, 19, em várias cidades do Brasil.

Publicidade

Através de uma publicação no Twitter, o petista disse que a sua principal preocupação é “transformar o ato político em um ato eleitoral”.

Lula diz não querer que os veículos de comunicação explorem o ato como se ele estivesse usando o protesto convocado pela sociedade brasileira. Até o momento desta publicação, a mensagem do ex-presidente já contava com mais de 50 mil curtidas.

Publicidade

Antes disso, em uma entrevista concedida à Rádio Tribuna do Norte, de Natal, o petista chegou a manifestar o seu apoio as manifestações contra Bolsonaro. Lula diz que a sociedade está começando a andar, isso ressaltando que os protestos são uma coisa “muito boa”.

Publicidade

O Partido dos Trabalhadores também não está completamente certo sobre participação do ex-presidente nas manifestações contra Bolsonaro. No entanto, outras lideranças do partido, como o ex-prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad, que chegou a ser candidato do PT à Presidência da República no ano de 2018.

Publicidade

Vale lembrar que Lula ignorou as manifestações contra Bolsonaro que aconteceu no dia 29 de maio. Após o ato, o petista não publicou nada sobre o assunto nas redes sociais e também não marcou presença nas manifestações. Na ocasião, atos contra o governo Bolsonaro aconteceram em 170 municípios do país.

Publicidade
Publicidade
Publicidade