in

Marido e mulher morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença e deixam filho único

Adolescente de 16 anos perdeu pai e mãe para a Covid; casal morreu com diferença de quase 13 horas.

arquivo pessoal Roseli Rocha

Edson Aparecido da Rocha, de 50 anos, e Roseli Rocha, cuja idade não foi revelada, foram vítimas da Covid-19. O casal morreu no Hospital São Vicente de Paulo, na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo. O casal deixou um único filho adolescente de 16 anos.

Publicidade

Edson era advogado e ex-secretário de Assuntos Jurídicos de Jundiaí e de Várzea Grande. Ele foi internado no dia 6 de junho. Na terça-feira (15), às 21h, a morte do homem foi constatada. Neste período em que Edson ficou hospitalizado, Roseli também acabou internada.

A mulher ficou cinco dias no hospital, mas recebeu alta na terça-feira. Em casa, ela passou mal e retornou ao hospital. À noite o marido morreu. Por volta das 9h45 de quarta-feira, Roseli morreu. Não foi informado se ela sabia da morte do companheiro de muitos anos. Em pouco mais de 12 horas, os familiares receberam a notícia das duas mortes e devem estar chocados.

Publicidade

Brasil é o segundo país com mais mortes no mundo

Em todo o mundo, 3,8 milhões de pessoas morreram em decorrência da Covid-19. O Brasil é o segundo país com maior número de mortes em todo o planeta. São 493 mil óbitos, de acordo com o Ministério da Saúde. O país também registra 17,6 milhões de casos da doença causada pelo coronavírus.

Publicidade

Os Estados Unidos lideram o ranking de mortes e de casos, com 600 mil óbitos e 33,4 milhões de casos. A Índia tem 381 mil mortes e 29,7 milhões de casos. Na quarta posição do ranking está a França, com 110 mil mortes. Os dados aparecem no painel da Covid-19 da Universidade John Hopkins.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!