in

Morre jovem de 23 anos que foi o 1º a testar positivo para a variante peruana no RS

O jovem testou positivo para a variante C37 no dia 23 de maio e veio a óbito na manhã desta quinta-feira, 17.

LUIZA PRADO/JC

O jovem Jairo Dias Piazer Junior, de 23 anos, morreu vítima da variante peruana da Covid-19, a C37, em Porto Alegre. O jovem, que estava internado desde o dia 21 de maio, foi o primeiro a registrar o caso da variante no Rio Grande do Sul.

Publicidade

Natural de Itaqui, município localizado na Fronteira Oeste, o jovem, que era caminhoneiro, estava retornando de uma viagem para São Paulo, isso fazendo o trajeto pela Argentina.

Quando estava voltando para a cidade, Jairo começou a sentir os primeiros sintomas da doença e seu quadro se agravou no dia 21, quando ele precisou ser internado no Hospital São Patrício, na cidade de Itaqui. Dois dias depois, o jovem precisou ser transferido de avião até o Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Depois disso, na manhã desta quinta-feira, 17, ele acabou não resistindo e foi a óbito.

Publicidade

De acordo com informações passadas pela Prefeitura de Itaqui após a morte do jovem, todos os contatos feitos pelo caminhoneiro estão sendo investigação, isso da mesma forma que outras informações a respeito da variante C37 da Covid-19.

Publicidade

O Hospital de Clínicas também divulgou nota após a morte do jovem, em que afirmaram que atualmente ele não era mais considerado contaminante, ou seja, já não transmitia mais o vírus para outras pessoas.

Publicidade

Vale ressaltar que um mapeamento realizado pelo Instituto Butantan identificou que atualmente 19 variantes do coronavírus vêm circulando pelo Estado de São Paulo. De acordo com o estudo, a cepa que mais predomina é a Gama (P.1), que foi identificada primeiramente em Manaus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade