in

Bolsonaro promete aumento no Bolsa Família e extensão do auxílio emergencial

O presidente afirmou que o Bolsa Família será de R$ 300 e que o auxílio terá ‘mais duas ou três parcelas’.

Reprodução/Parlamento Piaui

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, atualmente sem partido, prometeu em entrevista que o programa social Bolsa Família será reajustado. Segundo informações do próprio presidente, o valor do benefício para famílias carentes será de R$ 300 em média.

Publicidade

Este seria um aumento considerável no valor dado pelo governo, isso porque a ajuda média atual é de R$ 190. O anúncio do presidente aconteceu quando ele conversa com a reportagem da SIC TV, a afiliada da TV Record em Rondônia, na última terça-feira (15).

Além disso, ele ainda disse que o motivo do reajuste se dará por conta da inflação dos produtos da cesta básica. Segundo ele, a inflação girou em torno de 14%; segundo a CNN, o valor de alguns itens chegou a subir 50%.

Publicidade

O aumento, segundo Bolsonaro, seria de 50% já em dezembro. O presidente afirma que o reajuste do Bolsa Família já está “praticamente acertado”. O presidente citou que atualmente cerca de 18 milhões de famílias recebem o benefício, porém, dados do Ministério da Cidadania informam que são 14,7 milhões de famílias beneficiadas.

Publicidade

Bolsonaro ainda ponderou que o reajuste no valor “pesa para a União”, mas que a população passa por dificuldade. Sobre o auxílio emergencial, o presidente afirmou que serão pagas mais duas ou três parcelas de R$ 250 em média. O mandatário ainda afirma que essa medida precisa ser feita “com responsabilidade”.

Publicidade

Embora Bolsonaro tenha anunciado com tanta ênfase o novo valor médio do Bolsa Família, o Estadão apurou recentemente que o aumento seria para R$ 250, ao invés de R$ 300.

Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.