in

Vídeo; pai de serial killer manda mensagem para vítimas do filho: ‘Desculpa por eu ser pai de um monstro’

Em entrevista, o pai de Lázaro Barbosa direcionou pedidos de desculpas para as vítimas do filho.

R7/Polícia Civil de Goiás/Montagem: Higor Mendes

Durante entrevista concedida à Record TV, o pai de Lázaro Barbosa, suspeito de ser o responsável por tirar a vida de quatro pessoas de uma mesma família, afirmou que lamenta pelas atitudes do filho e esclareceu que não possui qualquer contato com o mesmo.

Publicidade

Além disso, o aposentado de 57 anos de idade pediu desculpas por ser pai do que ele chamou de uma pessoa desequilibrada, assassina e considerada por ele como um monstro. De acordo com ele, há seis anos eles teriam perdido contato e as últimas notícias que teve foram de que suspeito teria dito para amigos que mataria o próprio pai.

Lázaro está em fuga em meio a uma área rural de Goiás há cerca de oito dias. O homem é acusado de tirar a vida de quatro pessoas em Ceilândia, no Entorno do Distrito Federal, além de ter cometido diversos outros crimes no decorrer destes oito dias.

Publicidade

Publicidade

Por conta da brutalidade e frieza presentes em seus crimes, o rapaz ficou conhecido a nível nacional como serial killer, na última semana. Cerca de 200 agentes de segurança do Distrito Federal e de Goiás atuam na mega força-tarefa que realiza uma varredura na grande área de mata onde o suspeito se esconde.

Publicidade

Durante sua fuga, Lázaro chegou a trocar tiros com a polícia no momento em que os agentes resgatavam três vítimas que haviam sido sequestradas por ele e estavam prestes a serem mortas, na zona rural de Edilância, nesta terça-feira (15).

Na ocasião, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de Goiás, um policial militar foi baleado de raspão. O militar foi socorrido às pressas e passa bem.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.