in

Serial killer está cansado, com fome e ainda mais perigoso, diz secretário de segurança: ‘Hoje vamos pegar’

Segundo o secretário de Segurança de Goiás, Lázaro estaria cansado e com dificuldades de conseguir alimento.

Polícia Civil/Divulgação

Segundo informações divulgadas pelo secretário de segurança pública de Goiás, Rodney Miranda, que tem acompanhado de perto a busca pelo serial killer Lázaro Barbosa, o suspeito não teria se deslocado durante a madrugada e, neste momento, as equipes realizam buscas em ao menos dois pontos localizados entre os municípios de Edilândia e Girassol, no Entorno.

Publicidade

Ainda de acordo com ele, o assassino já estaria cansado e encontrando dificuldades para conseguir alimentos. O secretário ressaltou ainda que, neste estado, o procurado fica ainda mais perigoso, porém, a possibilidade de captura-lo também aumenta, uma vez que sua capacidade de fuga está cada vez mais prejudicada.

“Estamos no encalço dele. Hoje vamos pegar”, afirmou Rodney. As buscas por Lázaro já acumulam oito dias de trabalho e os agentes apertam o cerco cada vez mais. Nesta quarta-feira (16), o perímetro foi restringido, diminuindo ainda mais a possibilidade de fuga.

Publicidade

Além de homens patrulhando as trilhas, helicópteros sobrevoam a área em busca de qualquer sinal do paradeiro do suspeito. Além disso, dois pontos de bloqueio foram montados na rodovia, onde a Polícia Militar chega a abordar cerca de 500 veículos por dia para vistoriar porta-malas e boleias.

Publicidade

Na semana passada, Lázaro Barbosa, de 32 anos, tirou a vida de quatro pessoas de uma mesma família. Uma delas, Cleonice Vidal, teve o corpo encontrado apenas dois dias depois. O criminoso permanece foragido mata a dentro, no povoado de Edilândia, nas proximidades de Cocalzinho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.