in

Psicopata, agressivo e descontrolado: laudo traça perfil de Lázaro Barbosa, o serial killer do DF

Suspeito está fugindo da polícia desde o dia 9 de junho, quando matou pessoas de uma mesma família.

Jornal de Brasília

Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, está sendo caçado pela polícia do Distrito Federal desde o dia 9. O criminoso está sendo chamado de serial killer devido à onda de crimes que tem cometido. Mais de 300 policiais trabalham na força-tarefa que busca por Lázaro.

Publicidade

No dia 9, ele invadiu uma residência no Incra 9, em Ceilândia (DF), e matou pai, mãe e dois filhos com tiros e facadas. A mulher foi levada pelo criminoso com vida e foi encontrada morta três dias depois. Ela estava de fralda e com cabelo e orelha cortados.

Há indícios de que Lázaro seja satanista. As buscas chegaram ao oitavo dia nesta quarta-feira (16). Os moradores da região do Distrito Federal e de Goiás estão apavorados. A ficha criminal do suspeito é grande, com homicídios, estupros, roubos e tentativas de assassinato, e ele já fugiu da cadeia em três oportunidades.

Publicidade

Publicidade

Laudo psicológico detalha Lázaro Barbosa

Em 2013, um laudo psicológico foi feito na Papuda. O serial killer do Distrito Federal era descrito como “psicopata imprevisível”. O criminoso também foi descrito como alguém com comportamento agressivo, instabilidade emocional, impulsivo, com falta de equilíbrio e descontrolado.

Publicidade

Apesar disso, em março de 2014, Lázaro teve a prisão convertida em semiaberto. Dois anos depois, ele fugiu da Papuda. Até o fechamento desta reportagem, o suspeito permanecia foragido. Os policiais à sua procura estão fortemente armados. Um deles foi baleado em troca de tiro com Lázaro, ontem. O policial recebeu um tiro de raspão no rosto.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!