in

Serial killer do DF teria ganhado livro místico de avó feiticeira; objeto serviria como espécie de ‘escudo’

O apresentador Luiz Bacci usou as redes sociais para trazer novos detalhes sobre as investigações.

Fonte: R7 | Divulgação | Montagem Ingrid Machado

A busca das polícias do DF e Goiânia pelo serial killer Lázaro Barbosa Souza continuam de forma efetiva. O criminoso estaria na região de Cocalzinho (GO), e já teria sido cercado pela polícia, porém, conseguiu escapar. As buscas pelo suspeito de matar 4 pessoas da mesma família em DF já duram oito dias. Por sua experiência em área de mata, a polícia encontra dificuldades em captura-lo.

Publicidade

Desde o início da repercussão do caso, informações apontam que Lázaro Barbosa faria parte de uma seita, e que sua família teria envolvimento com bruxaria. O apresentador Luiz Bacci usou suas redes sociais nesta quarta-feira (16), para afirmar que o serial killer do DF teria ganhado um livro místico da avó feiticeira; o objeto serviria como espécie de “escudo”.

De acordo com o apresentador do Cidade Alerta, Lázaro teria dito que levaria quantas pessoas pudesse, se referindo aos assassinatos. O suspeito acreditaria que o livro seria uma espécie de proteção espiritual. A polícia acredita que o suspeito desejasse realizar rituais com algumas das vítimas.

Publicidade

Publicidade

O apresentador afirmou, ainda, que as informações foram passadas pela polícia, que revelou que Lázaro vem sendo influenciado pelo livro. Na última terça-feira (15), o criminoso chegou a ferir um policial durante a fuga. As polícias do DF e de Goiânia concentram mais de 200 agentes nas operações de busca.

Publicidade

No último ataque, Lázaro chegou a fazer uma refém, porém, fugiu para a mata diante do cerco policial. Moradores da região de Cocalzinho seguem com medo da violência imposta pela presença do criminoso. As buscas continuam nesta quarta-feira (16), e a polícia acredita estar próxima da captura de Lázaro.

Publicidade
Publicidade