in

Pai de serial killer do DF diz que deseja ver o filho pagando por seus crimes: ‘O demônio se apoderou dele’

Edenaldo Barbosa afirmou estar estarrecido com os crimes cometidos por Lázaro.

IG | Divulgação | Montagem Ingrid Machado

O pai de um dos homens mais procurados pela polícia no Centro-Oeste classificou o filho como um “monstro”. Edenaldo Barbosa Magalhães, de 57 anos, disse estar estarrecido com os crimes brutais praticados pelo filho no Distrito Federal e em Goiânia. Edenaldo afirmou que viu Lázaro há cerca de seis anos por um breve período.

Publicidade

De acordo com o site IG, o homem falou sobre a preocupação com o comportamento do filho que lhe renderam dias de tristeza e desgosto. Lázaro Barbosa de Souza é suspeito de ter cometido uma chacina contra uma família no Distrito Federal. Ele teria assassinado pai, mãe e dois filhos durante assalto a uma chácara.

Lázaro também invadiu outras propriedades e levou medo e pânico aos moradores da região rural do DF e Goiânia. As últimas informações apontam que o serial killer se encontra na região de Cocalzinho, Goiânia. Na última terça-feira (15), ele trocou tiros com a polícia e chegou a ferir um agente. Novamente Lázaro conseguiu fugir para a região de mata.

Publicidade

Em entrevista, o pai do criminoso afirmou que deseja que o filho seja preso e pague por todos os seus crimes. “Só me visitou e foi embora. Foi quando ele teve uma fuga aí. E eu com o coração na mão, doente. Só não morri ainda porque acho que Deus não quis. O demônio se apoderou dele”, disse Edenaldo.

Publicidade

As polícias do DF e Goiânia seguem trabalhando em conjunto e com grande efetivo para fechar o cerco contra o criminoso. Lázaro também possui condenações na Bahia por diversos crimes. O suspeito já trabalhou como mateiro e possui grande experiência em regiões de mata, o que estaria dificultando o trabalho da polícia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade