in

Serial killer em fuga faz pai, mãe e filha reféns e deixa dois policiais baleados; buscas continuam na região

Policiais foram levados para receber atendimento em hospitais da região, e a família foi resgatada sem ferimentos.

G1

Na tarde desta terça-feira (15), um casal e a filha de 16 anos foram resgatados pela polícia após serem feitos reféns por Lázaro Barbosa, suspeito de ser o responsável por tirar a vida de uma família em Ceilândia.

Publicidade

De acordo com o delegado Raphael Barboza, Lázaro teria levado os reféns para dentro de uma área de mata, na região de Cocalzinho de Goiás. No momento da perseguição, houve troca de tiros, porém, os agentes conseguiram resgatar as vítimas ilesas fisicamente.

Uma força-tarefa de cerca de 200 policiais está no encalço do rapaz há seis dias. Buscas estão sendo realizadas no entorno do DF. Na troca de tiros desta terça-feira (15), dois policiais foram atingidos de raspão e foram atendidos em hospitais da região, segundo informações divulgadas pelo Corpo de Bombeiros.

Publicidade

O primeiro agente a ser ferido, na parte da manhã, no povoado de Edilândia, em Cocalzinho de Goiás, foi encaminhado para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, em Goiânia.

Publicidade

Já o segundo policial, um sargento da Polícia Militar, foi baleado de raspão no rosto por volta das 15h, na mesma localidade. De acordo com informações da corporação, ele foi encaminhado para um hospital de Anápolis com o auxílio de um helicóptero.

Publicidade

Em nota divulgada à imprensa, a Secretaria de Segurança Pública de Goiás tornou público que, durante um confronto ocorrido no período da tarde, o policial militar havia sido baleado, porém, a secretaria não informou se o confronto se deu no momento do resgate dos reféns.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.