in

Coronavírus: conheça os sintomas da variante Delta, cepa 60% mais contagiosa e que já chegou ao Brasil

A variante Delta é altamente contagiosa e apresenta sintomas diferentes do que vinha sendo relatado até então.

Shutterstock

Dor de garganta, coriza e dor de cabeça são, atualmente, os sintomas mais referidos pelos diagnosticados com a Covid-19 no Reino Unido, que registrou a predominância da variante Delta do novo coronavírus em seu território.

Publicidade

Tim Spector, professor responsável por liderar a pesquisa Zoe Covid Symptom, afirma que para os jovens esta nova cepa pode se parecer muito com um resfriado um pouco mais forte do que o normal.

Os infectados pela variante Delta podem até sentir como se não estivessem doentes, porém, tal variante é altamente contagiosa e pode colocar em risco a vida de outras pessoas que, após infectadas, podem não sentir apenas um resfriado.

Publicidade

Por lá, toda e qualquer pessoa que venha a apresentar indícios de infecção pelo coronavírus é direcionada à realização de um teste. Porém, Spector alerta que os sintomas que antes eram comuns, como tosse, febre e a perda de olfato e paladar já não são os mais relatados, segundo dados da equipe do Zoe.

Publicidade

“Desde o início de maio, observamos os principais sintomas, e eles não são os mesmos”, disse ele. A mudança nos relatos dos sintomas pareceu se modificar a medida que a nova cepa avançou na porcentagem de contágio. Atualmente, 90% dos infectados do Reino Unido estão com a variante Delta, que é 60% mais contagiosa que o vírus visto no início da pandemia.

Publicidade

A febre ainda consta entre os sintomas mais vistos, porém, a perda do olfato deixou a relação, dando lugar à dor de garganta, coriza e dor de cabeça.

De acordo com Tim, as pessoas imaginam que estão apenas com um resfriado sazonal e seguem sua rotina normalmente, as vezes até mesmo frequentando festas, o que ocasiona a contaminação de outros indivíduos.

“A mensagem aqui é que, se você for jovem, terá sintomas mais leves de qualquer maneira. Pode parecer apenas um forte resfriado ou alguma sensação estranha, mas fique em casa e faça um teste”, diz Spector.

No Brasil, os primeiros casos da variante Delta foram registrados no final do mês de maio.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.