in

Bolsonaro dispara contra quem o xingou de ‘genocida’ em avião: ‘Devia estar viajando de jegue’

Presidente da República fez questão de se pronunciar após ter sido vaiado e xingado em um avião no aeroporto de Vitória.

Reprodução YouTube/G1

Ao entrar em um avião para cumprimentar os passageiros, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), foi xingado e vaiado nesta sexta-feira, 11, no aeroporto de Vitória, no Espírito Santo. O chefe do Executivo foi até o estado para participar de uma cerimônia de entrega de casas populares.

Publicidade

Chegando ao aeroporto de Vitória, Bolsonaro decidiu entrar em um avião, que estava prestes a decolar. Depois disso, por vídeos gravados por passageiras, é possível ver o momento em que pessoas gritam: “Fora, fora, fora Bolsonaro”. Além disso, o chefe do Executivo ainda chegou a ser chamado de “genocida”.

Bolsonaro, por sua vez, também fez questão de compartilhar o que seria o outro lado da história. No vídeo, compartilhado pelo presidente nas redes sociais, ele aparece tirando foto com alguns apoiadores que chegam, inclusive, a chama-lo de “mito”.

Publicidade

Ao se dar conta dos xingamentos, Bolsonaro fez questão de reagir, dizendo que quem estava o vaiando “devia estar viajando de jegue”.

Publicidade

A Zurich Airport, concessionária responsável por administrar o aeroporto, comentou sobre o assunto, contudo, não deu muitos detalhes, já que afirmou que a visita de Bolsonaro é uma operação que vem sendo mantida em sigilo, isso por questões de segurança.

Publicidade

Além disso, a empresa ainda diz que o aeroporto se preparou para receber a visita do presidente da República, mapeando cenários e até dispondo da estrutura para a recepção. E mais, a Zurich Airport ressalta que a segurança do chefe do Executivo é de total responsabilidade do GSI.

Publicidade
Publicidade