in

Mulher de 18 anos morre na noite de núpcias durante relação com o marido

Ela havia se casado com homem de 29 e casal curtia a noite de núpcias em casa.

Novotel / Montagem Diogo Marcondes

Uma mulher de 18 anos e um homem de 29, da cidade de Ibirité, Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, estavam felizes da vida. Na manhã de quinta-feira (10), eles haviam oficializado o casamento. À noite, a sós, curtiam as núpcias em casa no bairro Serra Dourada.

Publicidade

Durante a relação, a mulher começou a passar mal. Ela, que não teve a identidade revelada, sentiu falta de ar. O marido, desesperado, pediu socorro. Ele contou à Polícia Militar que chamou um carro de aplicativo de transporte para levar a mulher ao hospital mais próximo.

Ao chegar o local e ver que a passageira passava mal, o motorista recusou a chamada. Outro motorista foi chamado e também recusou. Este segundo orientou o homem a ligar para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). É importante chamar o Samu ou o Resgate (Corpo de Bombeiros) nestes casos. 

Publicidade

A ambulância do Samu levou cerca de uma hora para chegar ao local. A mulher de 18 anos havia sofrido uma parada cardiorrespiratória. Os médicos tentaram reanimá-la, mas ela não resistiu e morreu. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para perícia.

Publicidade

De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, não havia sinais de violência na jovem de 18 anos, o que indica que houve mesmo um problema de saúde. Laudo do IML deve apontar a causa exata da morte desta mulher. O marido, transtornado e triste com tudo o que aconteceu no dia em que haviam se casado, afirmou à reportagem de ‘O Estado de Minas’ que quer se mudar da casa onde a esposa morreu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!