in

Mulher que morreu após consulta médica visitava os pais; polícia abre investigação

Maria Tatiane foi atendida em hospital de Pentecoste, mas não resistiu e morreu.

Arquivo pessoal Maria Tatiane

Maria Tatiane Gomes Lima, de 24 anos, morava na cidade de Fortaleza, capital do Ceará, mas costumava visitar os pais na pequena Pentecoste. Foi lá, no sábado (5), que ela morreu após consulta médica no Hospital Regional e Maternidade do Vale do Curu.

Publicidade

A jovem estava sentindo dores de cabeça há alguns dias, foi visitar os pais e decidiu ir ao médico. A família questiona o atendimento recebido pela jovem. A tia dela, Leila Marques, viajou à cidade quando soube que a sobrinha não estava bem. Quando chegou, ficou sabendo da morte.

No hospital, Maria Tatiane foi medicada com tramadol, para dor, e cloridrato de prometazina, para reações alérgicas. Laudo do Instituto Médico Legal (IML) com a causa da morte ainda não foi divulgado, mas os médicos que a atenderam acreditam que a jovem sofreu um aneurisma cerebral.

Publicidade

O corpo passou por exame no sábado e foi liberado para a família por volta das 23h30. No domingo pela manhã, o velório de Maria Tatiane foi na igreja local. Mais tarde, foi levado ao cemitério para o sepultamento diante de familiares e amigos que sofrem com a morte precoce da jovem trabalhadora de 24 anos.

Publicidade

Leila retornou para São Gonçalo do Amarante e ficou sabendo que o túmulo da sobrinha havia sido violado. A Polícia Civil foi ao cemitério e analisou o local. A Delegacia da cidade de Pentecoste investiga o caso para saber se houve tentativa de vilipêndio a cadáver, o que é considerado crime pela legislação brasileira. De acordo com o artigo 212, a pena varia de um a três anos e multa.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!