in

Bolsonaro vai a culto e emociona ao contar detalhe que o fez sobreviver a facada

Presidente discursou durante culto evangélico em igreja de Anápolis, em Goiás.

Reprodução YouTube Foco do Brasil

O presidente Jair Bolsonaro participou de um culto em uma igreja evangélica de Goiás, na noite desta quarta-feira (9). Durante o culto, Bolsonaro teve a oportunidade de contar seu testemunho. O presidente falou sobre a caminhada até chegar ao Palácio do Planalto.

Publicidade

Bolsonaro contou que, no começo, nem sua família acreditava que ele pudesse ser presidente. Em meados de 2016, Bolsonaro aparecia nas pesquisas de intenção de votos com pouca porcentagem, mas foi crescendo à medida que o tempo passou.

No testemunho, Bolsonaro falou sobre o atentado sofrido no dia 6 de setembro de 2018, às vésperas da eleição presidencial. Em Juiz de Fora, em Minas Gerais, o então candidato à presidência foi esfaqueado por Adélio Bispo e quase morreu.

Publicidade

“Aconteceu o meia dúzia de setembro. Uma tentativa de homicídio que segundo os médicos eu só não morri por milagre. A faca passou lambendo veias capitais na região do coração. Ali aconteceu o primeiro milagre. Não tinha nada para sobreviver”, disse Bolsonaro.

Publicidade

Publicidade

O presidente contou um detalhe sobre a sobrevivência. Todo candidato à presidência é protegido pela Polícia Federal. Quanto mais chances de vencer, maior o número de seguranças. Bolsonaro era acompanhado por cerca de 40 agentes da Polícia Federal.

Bolsonaro contou que os seguranças tinham um plano em casos de incidente e sabiam qual era o hospital mais próximo. Além disso, médicos estavam reunidos para uma reunião não prevista na Santa Casa de Juiz de Fora quando Bolsonaro deu entrada no local. No fim, Bolsonaro foi eleito no segundo turno ao vencer Fernando Haddad (PT).

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!