in

Mulher dorme bem e acorda tetraplégica no dia seguinte: ‘Não consegue mexer nenhuma parte do corpo’

Matéria exibida no Balanço Geral, da RecordTV, mostrou drama de Patrícia de Castro.

RECORD TV

Nesta quarta-feira (9), o Balanço Geral, da RecordTV, exibiu matéria com o drama de Patrícia de Castro, 35 anos, que deitou para dormir e acordou tetraplégica no dia seguinte. Segundo informações passadas por Gotino, a autônoma trabalhou normalmente durante o dia e dormiu bem, até acordar sem os movimentos do corpo.

Publicidade

Há mais de três meses na difícil situação, Patrícia busca tratamento, mas não consegue encontrar resposta dos médicos sobre o que teria acontecido com seu corpo. De acordo com o marido da autônoma, foram feitas quatro ressonâncias e nada foi descoberto.

“Não consegue mexer nenhuma parte do corpo”, disse Gotino, ao narrar o drama de Patrícia no Balanço Geral. Na matéria exibida ao público, a autônoma lamentou a situação e relatou dificuldades financeiras na luta pela descoberta de um diagnóstico e tratamento para seu caso.

Publicidade

“É um sentimento terrível, às vezes a gente pensa que vai voltar ao normal, tem esperança, só que às vezes a gente vê que é tudo muito complicado”, disse Patrícia, contando ainda que o SUS não cobre as despesas com exames, consultas e medicamentos, e por isso está contando com a ajuda de amigos.

Publicidade

Patrícia contou que buscou ajuda em hospitais de Curitiba e Brasília, mas não conseguiu tratamento. “Eu acredito que é porque o tratamento é muito caro, dai eles não vão aceitando, tipo é só mais um: mais um que não vai andar, mais um que não vai se movimentar e vai deixando de lado”, lamentou a autônoma, que sonha em voltar a abraçar a filha e conta com a ajuda do marido.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade