in

Jovem que matou estudante em shopping recebe dura punição da Justiça após crime: ‘crueldade e ousadia’

Matheus comprou a arma do crime um pouco antes de tirar a vida da colega na praça de alimentação.

REPRODUÇÃO RECORD TV

Na última semana, um crime ocorrido dentro de um shopping em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, gerou forte comoção. A estudante de enfermagem Vitórya Melissa Mota, 22 anos, foi assassinada com golpes de faca por Matheus dos Santos da Silva. A ação criminosa acabou sendo flagrada por câmeras de segurança do espaço comercial.

Publicidade

Detido por seguranças e posteriormente entregue à Polícia Civil, Matheus teve prisão preventiva decretada na última segunda-feira (7), após determinação do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), que converteu a prisão em flagrante para preventiva. A decisão foi assinada pela juíza Rachel Assad da Cunha. 

A Justiça analisou as imagens registradas nas câmeras de segurança do Shopping Plaza Niterói, e classificou como extremamente acentuada a gravidade da conduta do suspeito, que tirou a vida da colega por quem nutria sentimentos não correspondidos. 

Publicidade

“Além disso, a crueldade e ousadia da ação indicam a mais absoluta inadequação do custodiado ao convívio social, já que matou a vítima a facadas, golpeando diversas vezes o seu corpo já caído ao chão”, disse a juíza em sua determinação.

Publicidade

A magistrada ainda destacou que a conversão para prisão preventiva garante a ordem pública. Representado pela Defensoria Pública, Matheus teve pedido de liberdade provisória feito por sua defesa, mas a solicitação foi negada.

Publicidade

Exame

Ainda no documento da conversão de prisão, a juíza Rachel Assad da Cunha determina que Matheus passe por uma avaliação psicológica para atestar sanidade mental. Segundo testemunhas, o jovem tem um perfil fechado, costumava a falar baixo, e tinha poucos amigos.

Durante o seu depoimento à polícia, o jovem adotou o silêncio na maior parte do tempo, e pouco interagiu com os investigadores.

Publicidade