in

Grávida de gêmeos siameses vive drama sem saber se eles vão resistir; bebês dividem um só coração: ‘Sem rumo’

Jovem sendo monitorada por equipe de médicos especialistas neste tipo de caso.

G1

A jovem Arlete do Nascimento Pinheiro, de 22 anos, residente em Cuiabá, vive um grande drama em sua segunda gestação. Grávida de 7 meses, ela terá gêmeos siameses, e passa pela angústia de não saber se os bebês vão sobreviver ou não.

Publicidade

As crianças estão grudadas do tórax ao abdômen e dividem o mesmo coração. Natural do Acre, a manicure mora na capital mato-grossense há cerca de dois anos, quando veio em busca de uma vida melhor. 

“Foi bem difícil, principalmente pelo fato de que ser mãe de novo era a realização de um sonho para mim. A minha filha pede demais isso, então no momento em que a médica falou: ‘seus bebês são siameses’, eu falei: o que é isso? por que?’. Eu saí da ultrassonografia sem rumo”, desabafou a jovem, que trabalha como manicure, em entrevista ao portal G1.

Publicidade

Acompanhamento intenso

 Desde o início da gestação, Arlete vem sendo monitorada por dois médicos. Os especialistas já informaram a jovem que não será possível realizar o procedimento cirúrgico para separação das crianças, uma vez que eles dividem o mesmo coração.

Publicidade

Em meio a todo este cenário de drama, Arlete conta que ainda não decidiu os nomes das crianças.

Publicidade

A jovem terá suporte de uma equipe médica especializada neste tipo de casos no momento do parto. Os profissionais irão avaliar se os bebês poderão passar por alguma cirurgia, que possibilite uma vida mais saudável a eles. 

Arlete já foi informada pelos médicos que um só coração possa não suportar os dois corpos, e por isso não deve se apegar a grandes expectativas. Mãe de uma menina, a manicure conta que está sendo difícil ver a pequena apegada à barriga, perguntando quando os irmãos vão nascer. 

Durante este período complicado, Arlete tem recebido apoio dos familiares e das amigas do emprego para continuar firme e esperançosa em um cenário positivo para os bebês. 

Publicidade
Publicidade