in

Padre de 62 anos morre vítima da Covid-19 no Paraná e fiéis ficam desolados; religioso estava em estado grave

Sacerdote ficou apenas dois dias internado e acabou não resistindo às complicações do coronavírus.

O Paraná

Figura bastante conhecida na comunidade católica do Paraná, o padre Adair Bennmann foi mais uma vítima da Covid-19 no estado sulista. Exercendo suas funções religiosas na Paróquia de Nova Santa Rosa (PR), o sacerdote não resistiu às complicações do coronavírus, e teve morte confirmada nesta semana. A cerimônia de velório foi realizada na última quinta-feira (3), sob forte comoção. 

Publicidade

De acordo com a Diocese de Toledo, Bennmann exerceu suas funções religiosas por mais de 30 anos, tendo atuado em diversas cidades do Oeste do Paraná, como Jesuítas, Assis Chateaubriand, Toledo e Guaíra.

Internação

O padre foi internado no Hospital Geral da Unidade (HGU) no dia 29 de maio, na cidade de Toledo, quando começou a apresentar dificuldades respiratórias. Sem melhoras no quadro clínico, o sacerdote foi transferido para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no dia 31 de maio, e acabou morrendo na noite de quarta-feira (2).

Publicidade

Segundo a Diocese de Toledo, o corpo de Bennmann foi velado com caixão lacrado na Paróquia Santa Rosa de Lima, seguindo todos os protocolos. O religioso atuava na comunidade desde fevereiro de 2020.

Publicidade

Uma missa de corpo presente foi celebrada no cemitério municipal de Quatro Pontes (PR), para que padres, familiares e fiéis pudessem acompanhar, novamente seguindo todos as exigências das autoridades sanitárias. 

Publicidade

Luto

Em nota divulgada, a Prefeitura de Nova Santa Rosa decretou luto oficial por três dias, e fez uma homenagem ao religioso, prestando também solidariedades aos familiares. De acordo com a Secretaria de Saúde do município, o padre Adair Bennmann é a oitava vítima fatal na Covid-19 na cidade.

Publicidade
Publicidade
Publicidade