in

Pezão é condenado a mais de 98 anos de prisão

Em operação da Lava Jato do Rio de Janeiro o ex-governador recebe sua primeira condenação.

Reprodução/G1-Globo

O ex-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando de Souza, mais conhecido como Pezão, sofreu sua primeira condenação no âmbito da Lava Jato do Rio de Janeiro. Além de Pezão outras dez pessoas também foram condenadas.

Publicidade

Sobre a condenação sofrida por Pezão

O juiz responsável pelo caso, Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, tomou sua decisão sobre o caso condenando o ex-governador do Rio, Pezão, a 98 anos, 11 meses e 11 dias de prisão. Pezão foi condenado por ter cometido quatro crimes, sendo eles: corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e também organização criminosa.

Sobre a operação da lava jato

A operação que deu início a essa condenação foi feita pela Polícia Federal e denominada Boca de Lobo. Ela foi realizada em 29 de novembro de 2018 e foram executados 30 mandados de busca e apreensão e 9 mandados de prisão preventiva. 

Publicidade

Além de Pezão, mais dez pessoas foram condenadas na mesma ação. Entre esses outros condenados está o ex-governador do Rio, Sergio Cabral. Todos dividirão uma indenização ao Governo Federal referente ao valor recebido em propina que será de aproximadamente 39 milhões de reais.

Publicidade

Essa foi a primeira condenação de Pezão e ainda poderá responder em liberdade até que o ação seja transitada em julgado.

Publicidade

Vínculo entre Pezão e Sérgio Cabral

Segundo a força tarefa, Pezão herdou o comando do esquema existente no antigo mandado de Sérgio Cabral e continuou a praticar os crimes mencionados que já ocorriam no antigo mandado de.

Sérgio Cabral recebeu uma pena de 32 anos, 9 meses e 5 dias de prisão pelo cometimento dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade