in

Vítima em desabamento de prédio, mulher ainda não sabe que esposo morreu na tragédia: ‘Muita tristeza’

Kiara ficou bastante abalada ao tomar conhecimento da morte da filha, enquanto era resgatada, mas ainda não sabe do óbito do esposo.

TV GLOBO / REPRODUÇÃO

O desabamento de um prédio em Rio das Pedras, em Niterói (RJ), ocorrido na madrugada da última quinta-feira (3), deixou um cenário desolador e culminou na morte de duas pessoas. Pai a filha acabaram ficando soterrados entre os escombros, e só foram localizados após quase 10h da tragédia. 

Publicidade

Presente na edificação de quatro andares no momento do desabamento, a jovem Kiara Abreu, de 28 anos, esposa de Natan Gomes, 30, não tem conhecimento de que o marido morreu. A informação foi contada por uma moradora amiga da família, em entrevista ao UOL News.

“Muita tristeza porque é um pai que se foi e uma criança. A mãe está muito abalada quando soube que a filha partiu, mas não sabe ainda que o esposo também, porque ela está em estado muito grave. A família dela está procurando a melhor forma de contar”, afirmou Pará Lorrane. 

Publicidade

Resgate

Além da jovem de 28 anos, outras três pessoas foram resgatadas com vida, mas não precisaram ficar internadas. Em função dos ferimentos graves, Kiara permanece hospitalizada, em estado que inspira cuidados. 

Publicidade

Irregularidade 

De acordo com informações repassadas pela Prefeitura do Rio de Janeiro, o prédio onde a família morava era irregular, sendo construído em uma região marcada pela presença da milícia. 

Publicidade

Presente no local da ocorrência, a Defesa Civil interditou seis imóveis vizinhos ao prédio que desabou, para maior avaliação dos danos provocados com o desmoronamento da edificação de quatro andares. Logo após o prédio ruir, um incêndio foi registrado, provocando pânico entre os moradores vizinhos. As chamas foram controladas pelo Corpo de Bombeiros pouco tempo depois. 

A região de Rio das Pedras conta com cerca de 60 mil pessoas. Há dois anos, outro prédio, também construído de maneira irregular, desabou em Muzema, deixando 24 mortos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade