in

Padre potiguar de 41 anos morre vítima da Covid-19 e fiéis ficam desolados: ‘Quanta tristeza’

Religioso estava internado em leito de UTI desde o início do mês passado e acabou não resistindo.

Reprodução: G1 / Foto: Arquidiocese de Natal

Figura bastante conhecida e querida na comunidade católica do Rio Grande do Norte, o padre Francisco Erivaldo Barboza, conhecido popularmente como padre Naldo, morreu na última terça-feira (1º), em decorrência de complicações da Covid-19. O religioso tinha apenas 41 anos. 

Publicidade

Segundo informações repassadas da Arquidiocese de Natal, padre Naldo apresentou os primeiros sintomas da Covid-19 no início de maio, na cidade de Afonso Bezerra (RN). Após uma evolução do agravamento, o sacerdote foi transferido para a capital Natal, e desde o dia 7 do último mês estava internado em um leito de UTI da Policlínica Natal. 

O sacerdote foi ordenado como padre no dia 14 de agosto de 2014, na Catedral Metropolitana, por Dom Jaime Vieira Rocha. Em seus primeiros passos como padre, ele assumiu a função de vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, situada em Ceará-Mirim.

Publicidade

Cerca de um ano depois, ele foi transferido para a cidade de Jandaíra, onde desempenhou o cargo de administrador paroquial, ficando na função por quatro anos, quando recebeu uma nova transferência para a cidade de Afonso Bezerra.

Publicidade

Comoção

Nas redes sociais, grande foi a comoção dos fiéis que conheciam padre Naldo. O religioso recebeu inúmeras homenagens, e orações.

Publicidade

“Quanta tristeza, até quando meu deus iremos perder tantas pessoas queridas”, disse uma internauta. “Descanse em paz PADRE NALDO nos braços do pai eterno”, desejou outra fiel. 

https://www.facebook.com/arqnatal/posts/5630138750392584

A Arquidiocese de Natal publicou uma nota lamentando a perda precoce e irreparável do sacerdote, e aproveitou para agradecer a equipe médica que esteve empenhada nas últimas semanas para salvar a vida do sacerdote.

Publicidade
Publicidade