in

Homem morre após ingerir algo que muitos brasileiros amam; todo cuidado é pouco

Polícia Civil de Minas Gerais investiga a morte de sargento da PM de 61 anos.

ISN Portal

Antônio Paulo dos Santos procurou o Hospital Albert Sabin, em Juiz de Fora, pela segunda vez no dia 13 de maio. Ele não estava bem. Após ser examinado, os médicos indentificaram que ele estava com insuficiência renal. Antônio, que atuava na Polícia Militar de Minas Gerais, precisou ser intubado no dia seguinte.

Publicidade

Na primeira vez que foi ao médico, no dia 9, o homem de 61 anos foi diagnosticado com intoxicação alimentar. Após ser medicado, foi liberado. Na segunda vez, não houve liberação. Antônio ficou internado até a última quinta-feira (27), quando a morte foi confirmada.

De acordo com a equipe médica que o atendeu, Antônio havia sido intoxicado com a substância dimetil glicol. No dia 27, as funções cerebrais do paciente pararam de funcionar. A investigação do caso remonta aos dias 7 e 8 de maio, quando o sargento da PM fez algo que muitos brasileiros amam.

Publicidade

Publicidade

Policial que morreu em MG ingeriu cerveja

A Polícia Civil de Minas Gerais investiga a morte de Antônio Paulo dos Santos. A hipótese é de que ele tenha consumido substância tóxica que estaria presente em duas latas de cerveja que ele bebeu entre 7 e 8 de maio. A cerveja que o policial tomou é da cidade de Cláudio, centro-oeste do estado de Minas.

Publicidade

A marca Brussels, fabricante da cerveja, informou que usa álcool etílico potável no sistema de resfriamento, sem fazer uso de outra substância. A polícia vai investigar. A cerveja segue sendo vendida normalmente no comércio mineiro. Antes de consumir qualquer produto, é importante saber sua origem e se a empresa que o fabrica segue as recomendações. Todo cuidado é pouco.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!