in

Grávida morre de Covid-19 esperando uma vaga na UTI

Antes de morrer jovem havia relatado para sua sogra que ia sair do hospital por conta própria.

G1

No último final de semana uma jovem identificada como Taise Santos, de 35 anos, perdeu a batalha para a Covid-19 enquanto esperava por uma vaga em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Publicidade

Taise era técnica de enfermagem e estava grávida do seu terceiro filho. Ela procurou atendimento na UPA localizada no bairro de San Martin, em Salvador, após sentir falta de ar e pressão alta.

A jovem fez teste para a Covid-19 e teve resultado positivo. Devido ao seu estado de saúde ser bem delicado, ela teve que ficar esperando por uma vaga de leito de UTI. Porém, ela sofreu uma parada cardíaca e acabou morrendo.

Publicidade

Durante o atendimento, ela acabou precisando ser intubada por conta da gravidade”, disse o médico que atendeu a Taise.

Publicidade

De acordo com a sogra da vítima, antes de morrer, ela havia lhe enviado uma mensagem de texto relatando que se não fosse entuba, iria sair da unidade médica por conta própria.

Publicidade

Na manhã de sábado (29), Taise passou por uma cesariana de emergência para a retirada do bebê. A sogra da técnica de enfermagem, Eliana Pereira dos Santos, disse que conversou com o médico que fez o parto da vítima e durante a conversa o profissional da saúde relatou que Taise havia morrido.

O esposo da vítima, identificado como Wilson Pereira, lamentou pela morte da esposa e agradeceu toda a equipe médica que atendeu sua esposa e sua filha. Segundo Wilson, se não fosse pelos médicos do Samu sua filha Maria Isabel não estaria viva.

Através de uma nota, a Secretaria Municipal da Saúde relatou que a jovem já deu entrada na UPA em estado grave. Taise deixa o esposo e três filhos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.