in

Médico dado como desaparecido é encontrado morto na BA; detalhes do crime cruel são revelados; amigo foi preso

Médico ficou quatro dias desaparecido até ter o seu corpo encontrado por pescadores.

Isto É

Desaparecido desde o dia 24 de maio, o médico Andrade Lopes Santana, de 32 anos, foi encontrado morto na última sexta-feira (28), amarrado a uma âncora. O corpo do profissional de saúde foi resgatado no Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, na Bahia.

Publicidade

Horas após a localização da vítima, o amigo de Andrade foi preso. Curiosamente, ele tinha sido o responsável por registrar o desaparecimento do médico em uma delegacia de Feira de Santana. Ambos estudaram medicina na Bolívia, e após a conclusão do curso se mudaram para o interior da Bahia, para exercer a profissão. 

Cenário encontrado

Segundo informações da Record TV, o corpo de Andrade apresentava perfurações na nuca e estava amarrado em uma âncora, – cujo o objetivo era fazer a vítima afundar. Responsável pelas investigações do caso, o delegado Roberto Leal disse que suspeito chegou a receber os familiares da vítima, que residem no Acre, quando eles viajaram até a Bahia após tomarem conhecimento do desaparecimento do médico. 

Publicidade

“Vamos aprofundar para saber se existe a participação de outras pessoas e também a real motivação, o que até o presente momento é uma incógnita para nós”, afirmou o delegado Leal. 

Publicidade

Os peritos apontaram um disparo de arma de fogo na nuca da vítima, e uma corda presa no braço alçada em um âncora, cujo o registro de compra está no nome do suspeito, identificado como Geraldo Freitas.

Publicidade

Divergências

Ainda segundo o delegado, a Polícia Civil passou a ter Geraldo como suspeito após ele apresentar contradições em sua oitiva. Além disso, ele estava sob posse da moto aquática que Andrade compraria no dia do seu desaparecimento. O corpo da vítima foi sepultado no último final de semana em Araci, cidade que fica a pouco mais de 200 km de Salvador. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade