Bolsonaro anuncia triste morte; ‘nos deixou ontem’

Presidente Jair Bolsonaro lamentou morte nas redes sociais, neste domingo (30).

PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou as redes sociais para lamentar a morte de Camilo Cola, aos 97 anos. Camilo foi deputado federal, fundador da empresa Viação Itapemirim e combateu na Segunda Guerra Mundial, fato este destacado por Bolsonaro seu post.

PUBLICIDADE

Camilo Cola nasceu no dia 26 de julho de 1923 e morreu no sábado (29). “Nos deixou no dia de ontem o veterano da Segunda Guerra Mundial, Camilo Cola”, escreveu o presidente da República. “Obrigado por garantir nossa liberdade contra o nazismo e fascismo”, finalizou.

Apoiadores de Bolsonaro comentaram o post. “Aos nossos bravos heróis que lutaram contra o nazifascismo, todo o reconhecimento. Que Deus o receba no mais alto da Glória”, escreveu uma internauta. “Meus sentimentos aos familiares e amigos”, escreveu mais uma pessoa no Twitter.

“Esses heróis foram esquecidos, mas agora finalmente relembrados por um presidente que sabe respeitar os que têm valor”, postou um apoiador de Bolsonaro. O presidente é capitão do Exército e costuma fazer menções a heróis de guerra do passado.

PUBLICIDADE

Bolsonaro disputa a reeleição em 2022

Bolsonaro está no terceiro ano de mandato e vai enfrentar as urnas no ano que vem, quando lançará candidatura à reeleição. No momento, o principal concorrente de Bolsonaro parece ser o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, que tornou-se elegível após o Supremo Tribunal Federal (STF) anular as condenações no âmbito da Operação Lava Jato, em Curitiba. O processo começará do zero a partir de agora e será julgado pela Justiça do Distrito Federal.