in

Jovem de 13 anos cai em golpe após mulher usar nota falsa de R$ 100 para comprar trufas

De acordo com a mãe, o filho de 13 anos costuma vender doces para ter renda extra.

G1

Um jovem de apenas 13 anos acabou sofrendo um prejuízo com as vendas que realiza nas ruas. O adolescente perdeu todas as trufas que comercializava em um semáforo na região do Retiro, que fica em Jundiaí, interior do estado de São Paulo. Uma mulher comprou a sua mercadoria toda usando uma nota falsa de 100 reais.

Publicidade

O fato aconteceu no último final de semana, porém o caso somente se tornou público nesta última quinta-feira, 27 de maio, quando o jovem notou que o dinheiro era falso ao repor a mercadoria. O portal de notícias G1 conseguiu localizar a mãe do adolescente, que preferiu não ser identificada.

A mãe contou que o rapaz gosta de ter uma renda própria e, por esse motivo, costuma revender doces. Contudo, ela disse ter se assustado ao ver a fotografia dele segurando uma cédula nas redes sociais. O registro foi feito pelo próprio jovem, quando esteve em um supermercado para poder fazer as compras e a nota foi identificada pelo funcionário do local como falsa.

Publicidade

“Tenho certeza que meu filho não quis passar nota falsa para ninguém. Ele já pegou algumas outras vezes e rasgamos quando percebemos que tinha algo errado. Também não posso afirmar que a motorista tenha feito isso de maldade, porque ela também pode não ter percebido”, relatou a mãe.

Publicidade

De acordo com a mulher, o jovem estuda em uma escola da região e, no tempo livre, gosta de vender doces na rua. Não foi registrada ocorrência sobre a cédula dada ao garoto. A mãe frisou que tem sempre conhecimento de onde o filho está e que ele costuma comprar alguns itens alimentícios para casa com o seu dinheiro.

Publicidade

De acordo com a prefeitura do município, é proibido o comércio de mercadorias em semáforos. Em casos de crianças flagradas vendendo produtos nas ruas, a Guarda Municipal aciona o Conselho Tutelar da cidade.

Publicidade
Publicidade