in

Nova pandemia? Gripe aviária começa a afetar humanos e liga sinal de alerta

A gripe aviária começou a ser um assunto muito alarmante depois que começou a afetar humanos.

Uol

A pandemia mundial de coronavírus começou na China, na cidade de Wuhan, no fim do ano de 2019 e rapidamente se espalhou para o mundo por meio da transmissão entre pessoas. A circulação de pessoas nos países foi a principal porta para acontecer a rápida expansão do vírus. Agora em 2021, cientistas desse mesmo país ligaram um sinal de alerta para o vírus da gripe aviária H5N8, espécie do tipo A do vírus influenza.

Publicidade

Gripe aviária liga sinal de alerta de cientistas chineses

Gao Fu e Shi Weifeng, dois médicos e cientistas chamaram a atenção para os perigos que esse vírus pode causar. A primeira vez em que a gripe aviária foi observada aconteceu no ano de 2010, quando um pato, em um mercado chinês, foi detectado com esse novo vírus. Em 2014, a segunda aparição conhecida do vírus se deu quando aves domésticas e silvestres no Japão e na Coreia do Sul foram diagnosticados com a doença.

Por começar a aparecer em aves selvagens, as autoridades começam a ficar preocupadas com o poder de disseminação dessa enfermidade para outras regiões, já que as aves possuem características migratórias, isso aumenta as hipóteses de aves de outros países serem contaminadas com a influenza.

Publicidade

Doença começou a afetar humanos

Até então, a doença era prejudicial apenas para os animais e não havia nenhum caso de transmissão para humanos. Porém, em meados de fevereiro deste ano, a situação mudou quando surgiu um caso de contágio em humanos. Sete homens que trabalham em uma granja foram diagnosticados como portadores do vírus e apresentaram sintomas leves. Ana Popova, sendo diretora da agência de saúde Rospotrebnadzor na Rússia quis tornar o episódio público para que o mundo se preparasse caso surgisse uma nova pandemia.

Publicidade

Até agora, 46 países constataram pequenos surtos do vírus H5N8. Gao Fu e Shi Weifeng alertaram a respeito dos possíveis efeitos que um vírus desconhecido e sem tratamento pode causar em um mundo que já enfrenta uma pandemia há mais de um ano. Eles aconselham as pessoas a evitarem o consumo de carne de aves selvagens e que as pesquisas sobre esse vírus continuem, para evitar problemas futuros.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.