in

‘O Brasil não tem salvação, é muita cachaça e pouca oração’; diz Papa Francisco para padres brasileiros

A brincadeira do pontífice com os padres brasileiros acabou repercutindo nas redes sociais.

Extra

“O Brasil não tem salvação, é muita cachaça e pouca oração”, essa foi uma frase dita pelo Papa Francisco que ganhou grande repercussão na mídia. O Papa fez a brincadeira com dois padres brasileiros que se divertiram com a piada feita pelo religioso. O fato aconteceu nesta quarta-feira, 26 de maio, enquanto ele estava cumprimentando os fiéis na Praça São Pedro, no Vaticano, após a realização de uma Audiência Geral.

Publicidade

Um dos padres brasileiros teria pedido que o pontífice orasse pelo Brasil, antes mesmo de responder o argentino sorriu e fez a piada que foi registrada e já viralizou nas redes sociais. Em um clima descontraído, o religioso afirmou que sempre reza pela nação brasileira e que tem muito afeto pelo povo do país. Após o momento divertido, ele continuou interagindo com as outras pessoas que estavam no local.

O padre brasileiro Carlos Henrique, que fez o vídeo, disse que foi um momento de descontração. Em uma entrevista concedida ao portal de notícias Extra, o sacerdote da cidade mineira de Divinópolis contou que havia combinado com um colega, que ele seria seu cameraman, pois tinha expectativa de receber uma pausa especial do pontífice, já que sabiam que ele tem o costume de fazer isso todas as quartas-feiras.

Publicidade

Os dois padres contaram que mesmo depois enquanto estavam andando pelas ruas da cidade de Roma, não conseguiam segurar a risada lembrando com momento icônico com o Papa Francisco. “Quando a gente saiu dali, nós paramos várias vezes pra rir na rua só de lembrar da cena. Dá pra ver no vídeo a descontração ali. Ele brinca realmente com a gente”, disse o sacerdote.

Publicidade

O Papa é a autoridade principal da Igreja Católica, por isso para os religiosos ter a oportunidade de ver que ele brincou com essa intimidade foi algo surpreendente e muito especial. Inclusive, os padres brasileiros afirmaram que não imaginavam que o vídeo fosse viralizar dessa forma nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade