in

Jovem morre eletrocutada enquanto falava com celular conectado à tomada; caso comove e liga alerta

Mulher foi encontrada desacordada em cima do fio do carregador. Socorrida, ela morreu a caminho do hospital.

UOL - JC Online - Montagem

Uma jovem de 26 anos morreu na última segunda-feira (24), em Lagoa do Carro, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, após ser vítima de uma descarga elétrica enquanto estava utilizando um aparelho celular conectado na tomada. Cabeleireira, Márcia Soares Silva, de 26 anos, foi socorrida, mas acabou morrendo a caminho do hospital. O caso está sob investigação da Polícia Civil, que registrou a ocorrência como “morte a esclarecer”. 

Publicidade

Segundo informações do irmão da vítima, o pedreiro Antonio Soares da Silva, Márcia foi encontrada desacordada na cama, em cima do fio do carregador. A vítima foi localizada pelo namorado.

“Ela colocava para carregar e ficava usando. Estava na cama com o celular carregando e levou esse choque”, disse Antonio, bastante abatido pela perda. 

Publicidade

Prontamente socorrida, Márcia foi levada para o Hospital Geral de Lagoa do Carro, mas não resistiu e teve morte confirmada ainda dentro da ambulância. O sepultamento da jovem foi realizado na última terça-feira (25), no Cemitério Municipal José Lopes da Silva, sob forte comoção de familiares e amigos. 

Publicidade

Alerta

Responsável pela Divisão de Ações Preventivas do Corpo de Bombeiros, o tenente Werber Monteiro destacou os perigos de se utilizar aparelhos eletrônicos ligados na tomada.

Publicidade

Segundo Werber, há riscos de ocorrer um vazamento de corrente elétrica, fato que pode desencadear choques ou até mesmo princípio de incêndio. O tenente ainda reforçou a importância de sempre averiguar a rede elétrica, se há oscilação, bem como utilizar apenas acessórios que sejam originais do produto.

Em boa parte de ocorrências envolvendo choques e descargas elétricas com celular, os cabos e carregadores não são genuínos dos aparelhos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade