in

Bolsonaro é ‘o que há de pior na política’, diz Renan Calheiros, relator da CPI da Covid

Renan Calheiros comentou sobre a Operação Lava Jato e disse que o processo foi uma fraude que resultou na prisão de Lula.

JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO

Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, afirmou que o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) é o “que há de pior na política”. O senador estava criticando a Operação Lava Jato em entrevista ao El País quando acabou comentando sobre o que é chamado de Estado Policial que foi instalado no País.

Publicidade

Calheiros afirmou que ao seu ver o Estado Policial acabou proporcionando um absurdo de, “em substituição à política”, eleger “o que há de pior na política, o Jair Bolsonaro”. O senador diz que o processo foi uma fraude eleitoral por ter prendido de forma ilegal o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, contudo, também foi “uma fraude à história do Brasil”.

Além de comentar sobre a Operação Lava Jato, Calheiros também falou sobre os próximos passos da CPI da Covid.

Publicidade

O senador explica estar sendo investigado dois tipos de crimes contra a vida e crime sanitário. No entanto, para que seja comprovado ou não essa direção é fundamental que eles consigam acesso à depoimentos e provas.

Publicidade

No domingo, 23, o nome de Jair Bolsonaro tomou conta das manchetes após, sem usar máscara, o presidente causar aglomeração durante uma manifestação no Rio de Janeiro. No ato, o chefe do Executivo chegou a ser acompanhado pelo ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Vale lembrar que há cerca de três dias, Bolsonaro chegou a afirmar que voltou a sentir alguns dos sintomas provocados pelo coronavírus.

Publicidade

Na sua live semanal da última quinta-feira, 20, o presidente afirmou ter se sentido mal, por isso, fez o uso de cloroquina no intuito de prevenir a doença.

Publicidade
Publicidade