in

‘Quem morreu, é porque tinha que morrer’, diz vereador sobre a Covid-19

O vereador Delcimar Fortunato causou polêmica ao comentar sobre a pandemia, mas pediu desculpas um dia depois.

Reprodução/Câmara de Vereadores de Anápolis

Ao comentar sobre a pandemia do coronavírus, o vereador de Anápolis (GO), Delcimar Fortunato (Avante) afirmou que “morreu quem tinha que morrer”. A declaração foi feita pelo parlamentar na última segunda-feira, 17, na tentativa de defender as ações da prefeitura durante a pandemia.

Publicidade

Fortunato afirmou que no momento em que o Brasil viveu o colapso [da Covid-19], eles não deixaram a desejar e conseguiram manter a demanda. “Quem morreu, é porque tinha que morrer”, afirmou o vereador, ressaltando não ter sido por falta de leitos de UTI e nem ao menos por falta de profissionais da saúde. Por fim, Delcimar ainda parabenizou o prefeito Roberto por fazer o seu trabalho com excelência.

Antes da polêmica declaração, o parlamentar já havia elogiado a Saúde em Anápolis, afirmando que muitas vezes a oposição fala que a Saúde da cidade é muito ruim, mas rebate: “eu discordo”. Em seguida, Delcimar diz que só se vê que a Saúde está bem,  quando se tem um ente querido precisando, por isso, disse ter observado muito por dois dias.

Publicidade

Após a repercussão de sua declaração, o vereador decidiu usar as redes sociais para se desculpar com familiares das vítimas da Covid-19. Desta vez, Delcimar afirmou que a sua frase acabou sendo mal colocada. O parlamentar disse que apenas quis dizer que as pessoas morreram por causa da letalidade do coronavírus e não por causa da falta de assistência ou atendimento no setor da saúde.

Publicidade

https://www.instagram.com/reel/CPBE10WjfrG/?utm_source=ig_embed&ig_rid=c85a1b5b-d124-4183-97f6-128b9bce9ed1

Publicidade

Vale recordar que em mais de um ano de pandemia, o Brasil teve mais de 439 mil vítimas fatais da Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade