in

Homem se recusa a ser vacinado porque enfermeira era negra: ‘Me senti totalmente impotente’

Após o caso, mesmo sem identificar o homem, a enfermeira decidiu denunciar o caso.

Reprodução/ IstoÉ

Um homem se recusou a ser vacinado contra a Covid-19 com uma enfermeira por ela ser negra. O caso aconteceu em Ilhéus, na Bahia, na última segunda-feira, 17. Após o ocorrido, a enfermeira voluntaria Thaís Carvalho denunciou o caso. As informações foram divulgadas pelo telejornal BATV.

Publicidade

Para o telejornal, Thaís contou que o senhor estava acompanhado da filha, e ela pediu para que ele fosse vacinado no carro. Chegando lá, ela questionou se ele queria que ela o vacinasse logo, o alertando de que ele era o próximo, no entanto, ele se recusou. Sem entender o que estava acontecendo, a enfermeira questionou o homem se ele já havia feito a ficha, neste momento ele afirmou que o seu filho estava fazendo a ficha e completou: “mas você não”. Thaís questiona então o motivo, e ele responde: “Porque você é negra”.

Thaís conta que não conseguiu identificar o homem, no entanto, mesmo assim registrou um B.O (Boletim de Ocorrência) sobre o ocorrido, isso na tentativa de que a polícia o identifique.

Publicidade

A jovem conta ter feito a vacinação e voltou, mas o homem já havia saído da sala de vacina após ter tomado a vacina dele. Thaís conta que no momento ficou sem reação, e afirmou que sempre pensou que se algo semelhante acontecesse com ela, ela iria reagir, contudo, ressalta não ter conseguido. “Me senti totalmente impotente”, disse a enfermeira.

Publicidade

Ao ter conhecimento do caso, o secretário de Saúde do município, Geraldo Magela, repudiou o ocorrido e agradeceu Thaís por ter se voluntariado para participar da campanha de vacinação contra a Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade