in

Cinco professores e um vigilante morrem de Covid-19 em intervalo de 3 dias

Segundo o Sintep-MT, as mortes dos profissionais ocorreram entre sexta-feira (14) e domingo (16).

G1

Em meio a tantas mortes pelo coronavírus no Brasil está a de cinco professores e um vigilante, que perderam a vida para a Covid-19 no último final de semana. A primeira vítima foi identificada como Alexandra Nogueira, de 47 anos. De acordo com o Sintep-MT, a professora morreu de Covid-19 na última sexta-feira (14), ela dava aulas na cidade de Comodoro.

Publicidade

A segunda vítima foi a professora aposentada Marilei Carlini, de 58 anos. Ela morava na cidade de Primavera do Leste e morreu o último sábado (15). A terceira vítima também morreu no sábado e foi identificada como Sandra Maria Oliveira Barboza, de 55 anos, e dava aulas na cidade de Alto Boa Vista (MT).

Ainda no sábado, a quarta vítima de Covid-19 foi identificada com Odilza Jara Gomes, de 53 anos. A professora estava internada em uma unidade médica desde o dia 26 de abril. Ela dava aulas em Cáceres.

Publicidade

No último domingo (16), outros dois servidores da educação perderam a vida para a Covid-19. Eles foram identificados como Aparecido Porto de Aguiar, de 54 anos, que atuava como vigilante em uma escola na cidade de Sapezal. A outra vítima da Covid-19 foi a profissional da educação Sione dos Reis, de 46 anos, que dava aulas na cidade de Cáceres. Sione deixa o esposo e uma filha adolescente de 15 anos.

Publicidade

No estado do Mato Grosso, mais de 380 mil foram infectados e mais de 10 mil já morreram de Covid-19. No mundo, milhões de pessoas foram infectados e mortos devido à pandemia do coronavírus. O primeiro caso da doença surgiu na China, em dezembro de 2019. No Brasil, mais de 15 milhões de pessoas foram infectadas e mais de 435 mil morreram de Covid-19.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.