in

Bombeiros encontram corpos de pai e filha abraçados em casa atingida por enchente; mãe e filho também morreram

Buscas por quatro integrantes da família haviam sido iniciadas na última quinta-feira (13)

G1

Após intensas varreduras, uma equipe de buscas do Corpo de Bombeiros localizou na manhã deste sábado (15), os corpos do pai e filha que estavam desaparecidos após um deslizamento de barreira atingir a residência onde eles moravam em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. 

Publicidade

Segundo os bombeiros, os dois morreram abraçados no sofá de casa. Anteriormente, a equipe já havia localizado o corpo de um adolescente de 16 anos e a mãe dele, de 36 anos, na mesma residência. 

O trabalho dos socorristas perdurava desde o início da noite da quinta-feira (13), com o intuito de encontrar os quatro membros da família. Ao todo, foram mais de 36 horas de buscas até localizar as vítimas. 

Publicidade

Por conta do solo encharcado e o grande risco de novos deslizamentos, o trabalho da equipe foi atrasado. Toda a operação foi acompanhada de perto pela família. Quando as mortes do pai e filha foram confirmadas, alguns parentes tiveram que ser amparados. 

Publicidade

Em contato rápido com a imprensa, a irmã de Sílvia Regina da Silva, mãe dos adolescentes e esposa de Osvaldo, a autônoma Miriam da Silva, desabafou sobre as perdas irreparáveis e fez questão de agradecer a todos que ajudaram de alguma forma nas buscas. 

Publicidade

“Nós já imaginávamos que estavam sem vida, mas nós queríamos os corpos fora desses escombros. […] É uma perda irreparável de quatro membros de uma família só”, disse Miriam.

Operação

A equipe de buscas utilizaram uma retroescavadeira para demolir o restante do imóvel onde a família vivia para ajudar na procura. Por volta das 9h30 de hoje, os corpos de pai e filha foram encontrados no sofá, abraçados. 

Nesta semana, a capital pernambucana e municípios da região metropolitana foram atingidos por fortes chuvas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade