in

Jovem que atacou creche de forma brutal tinha intenção de matar familiares: ‘Ele falou estar arrependido’

A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre o ataque à creche nesta sexta-feira (14).

R7 | Divulgação | Montagem Ingrid Machado

Nesta sexta-feira (14), a Polícia Civil de Santa Catarina concluiu o inquérito sobre a chacina em uma creche em Saudades. Durante o ataque, Fabiano Kipper, de 18 anos, matou 5 pessoas, sendo três crianças e duas funcionárias. As vítimas foram feridas a golpes de arma branca. O autor do crime tentou tirar a própria vida em seguida.

Publicidade

Contido por populares, Fabiano foi levado até um hospital com diversas lesões auto-provocada e passou por pelo menos quatro cirurgias. O jovem já recebeu alta e foi levado a uma unidade prisional. De acordo com o site G1, o delegado responsável pelo caso, Jerônimo Marçal Ferreira, afirmou que o jovem estava com pressa no dia do crime, pois queria assassinar o maior número de pessoas possível.

As investigações concluíram que o jovem agiu sozinho e já planejava o ataque há alguns meses. No dia do crime, Fabiano chegou a trabalhar no período da manhã. Em seguida, foi até sua casa, pegou a faca, e se encaminhou à creche. A polícia também descobriu que o jovem tinha a intenção de matar pessoas da própria família.

Publicidade

Ele falou estar arrependido, mas eu não consegui aferir se era um arrependimento genuíno ou não”, disse o delegado Marçal. Fabiano se encontra na unidade prisional de Chapecó e passará por avaliação psicológica nos próximos dias.

Publicidade

De acordo com familiares, o jovem sempre foi introspectivo e possuía poucos amigos. Em sua residência, a polícia encontrou uma quantia de mais de R$ 10 mil reais e facas ainda novas. Fabiano trabalhava em uma empresa de confecção e juntava dinheiro há algum tempo. Ele foi indiciado por cinco homicídios triplamente qualificados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade