in

Vídeo mostra mãe levando filho recém-nascido em terreno baldio para atear fogo; cachorro arrastou corpo

Jovem não teve a identidade revelada pela polícia, e chegou a assumir a ação criminosa na delegacia.

G1

Vídeos de câmeras de segurança em uma rua da cidade de Anápolis, no interior de Goiás, mostram uma jovem de 24 anos levando o próprio filho recém-nascido em uma caixa de papelão para atear fogo em um terreno baldio. O crime bárbaro ocorreu na última quarta-feira (12), e chocou moradores do município. 

Publicidade

A ação criminosa foi descoberta após um pedestre que passava em uma rua no bairro das Cerejeiras ter avistado um cachorro arrastando algo. Ao se aproximar e espantar o animal, o homem ficou impactado ao notar que se tratava do corpo de um bebê e, rapidamente, acionou uma equipe da Polícia Militar.

Investigando o caso, as autoridades obtiveram o vídeo que mostra a mulher de 24 anos chegando ao local em um carro. Em um primeiro momento, ela levou a caixa com o recém-nascido dentro para o terreno baldio, e logo depois voltou para buscar um galão de álcool, ateando fogo no próprio filho.

Publicidade

Detida, ela contou em depoimento que a gravidez não poderia ser descoberta, alegou que a mãe é acamada e não poderia saber da gestação, pois morreria. 

Publicidade

“Segundo ela, a mãe é muito doente e até morreria se soubesse que ela estava grávida. Ela estava com muita vergonha de ter sido descoberta, não queria o bebê e queria se desfazer dele”, pontuou o delegado Wllisses Valentim, responsável pelo caso. 

Publicidade

Vídeo:

Namorado depõe

O namorado da jovem foi convocado para prestar depoimento e disse às autoridades que sabia da gravidez da namorada, mas pontuou que os dois tinham chegado a um consenso de realizar o aborto. Segundo ele, a jovem teria o informado que o aborto havia sido realizado.

O rapaz foi liberado após prestar oitiva, mas será investigado pelas autoridades que irão apurar se ele teve participação na ação criminosa. Ainda segundo o delegado, a jovem chorou bastante no depoimento. 

Publicidade