in

Lula empata com Bolsonaro no voto evangélico e resultado de pesquisa causa surpresa

Bolsonaro e Lula empatam tecnicamente entre os evangélicos, de acordo com o Datafolha.

Reprodução: TV Globo

O Datafolha divulgou nova pesquisa de intenção de votos para 2022. O atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) são os dois favoritos a irem ao segundo turno da disputa. Lula leva vantagem e venceria com 55% dos votos.

Publicidade

Um ponto que chamou a atenção na pesquisa divulgada nesta quarta-feira (12) é que Lula e Bolsonaro empatam tecnicamente entre os evangélicos. O atual presidente é bem identificado com os evangélicos e, inclusive, recebe apoio de pastores conhecidos, como Silas Mafalaia e Edir Macedo.

O levantamento mostra que Lula tem 35% dos votos entre os evangélicos no primeiro turno. Bolsonaro aparece logo atrás com 34%. Como a margem de erro é de dois pontos percentuais, há aí um empate técnico entre os dois principais possíveis candidatos.

Publicidade

No segundo turno da disputa presidencial, tanto Bolsonaro quanto Lula receberiam 45% dos votos dos evangélicos. A pesquisa surpreende e mostra que o voto desse extrato da população não seria um trunfo de Bolsonaro para vencer as eleições presidenciais.

Publicidade

Lula poderá concorrer em 2022

O ex-presidente da República ficou apto para concorrer à presidência em 2022, após o Supremo Tribunal Federal (STF) anular condenações do político no âmbito da Lava Jato. Lula foi condenado pelo ex-juiz Sergio Moro na 11ª Vara Federal de Curitiba. Além de Lula e Bolsonaro, nomes como Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB) devem concorrer à presidência no ano que vem. Bolsonaro tenta a reeleição, mas enfrenta alta rejeição.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!