in

Criatura monstruosa de ‘Procurando Nemo’ é encontrada em praia dos EUA; fotos causam espanto

O animal já é um velho conhecido dos cinemas, porém, o verdadeiro é assustador.

Pixar

Foi encontrado na areia de uma praia de Orange Couty, na Califórnia, na última segunda-feira (10), o corpo sem vida de uma criatura, no mínimo, estranha. O animal é um peixe habitante de águas profundas, o que causou estranheza, tendo em vista sua aparência nada convencional e a raridade desse tipo de aparição.

Publicidade

A região onde o animal surgiu é parte integrante do Parque Estadual Crystal Cove. Nas redes sociais, o perfil oficial do parque relatou que é extremamente raro que este tipo de animal dê as caras em praias, uma vez que seu habitat natural está há 900 metros de profundidade.

Outra grande surpresa foi que o corpo do animal estava completamente intacto, ou seja, após morrer, o corpo do peixe passou por uma longa jornada entre predadores e adversidades do oceano, chegando completamente inteiro à praia.

Publicidade

Embora cause certa estranheza, o peixe já um velho conhecido dos cinemas. A espécie marcou presença em uma das cenas do filme Procurando Nemo, quando Merlin e a famosa Dory são atraídos por um ponto de luz que, na verdade, era parte da cabeça de um predador.

Publicidade

O exemplar encontrado trata-se de uma fêmea de peixe-futebol do Pacífico. Adultos deste peixe podem alcançar incríveis 7 metros, porém, os machos geralmente costumam ter cerca de 30 centímetros, agem como parasitas e possuem como única função auxiliar a fêmea na reprodução.

Publicidade

O animal pertence a ordem dos Lophiiformes, que são peixes ósseos que, em sua grande maioria, possuem um ponto luminoso no topo da cabeça para atrair presas em meio a escuridão do lugar onde vivem.

Colaborando muito com sua aparência assustadora, o animal possui dentes extremamente afiados e pontiagudos e sua boca tem a capacidade de sugar e engolir outros animais que possuam até o tamanho de seu próprio corpo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.