in

Pai de bebê internada com mais de 30 lesões pelo corpo diz que pode ter machucado a filha ‘sem intenção’

Médica que atendeu a criança acionou a polícia após notar ao menos 30 lesões no corpo da bebê.

G1

Ganhou repercussão nesta semana o caso da bebê de apenas seis meses que deu entrada em um hospital com mais de 30 lesões espalhadas pelo corpo. À polícia, o pai da criança afirmou que pode ter lesionado a filha sem intenção.

Publicidade

De acordo com a delegada Kênia Duarte, responsável pelo caso, o pai afirmou que as lesões podem ter sido feitas no momento em que ele se abaixou para pegar um celular na cama com a bebê no colo. A mãe da criança também deverá prestar esclarecimentos à Polícia Civil nos próximos dias.

O genitor do bebê afirma que é possível que tenha machucado sem intenção sua filha, ao abaixar-se, com ela em seu colo, para pegar um celular que estava sobre a cama, com a intenção de mudar o vídeo que ela assistia, bem como ao massagear o tórax dela para reanimá-la”, disse a delegada.

Publicidade

As identidades das pessoas investigadas por conta de uma suposta agressão contra a criança não foram divulgadas e até o momento ninguém foi preso.

Publicidade

O caso ganhou repercussão após a médica que atendeu a criança, na noite da última segunda-feira (10), na Unidade de Pronto Atendimento Pediátrico de Anápolis, acionar a polícia após notar ao menos 30 lesões espalhadas pelo corpo da criança.

Publicidade

Ao perceber os hematomas, a médica levantou suspeitas de que a bebê fosse vítima de violência em casa e acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar.

Um inquérito foi instaurado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Anápolis para apurar as causas das marcas no corpo da criança. Devido à gravidade de seu quadro clínico, a menina, de apenas seis meses de vida, foi transferida de Anápolis e está internada no Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, em Goiânia.

Segundo último boletim médico, divulgado no fim da tarde desta quarta-feira (12), a bebê está sedada, intubada e seu estado de saúde é grave.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.