in

Pai de Gael clama por justiça, conta pedido que fez à mãe do menino e desabafa: ‘me tirou’

Gael morreu na última segunda-feira (10), aos 3 anos, e mãe é a principal suspeita da morte.

Reprodução Record TV

O pai do garoto Gael de Freitas Nunes clama por justiça. O menino de 3 anos morreu na segunda-feira (10),  na Bela Vista, região central de São Paulo, em situação que está sendo investigada pela polícia. A mãe dele, Andréia Freitas, é a principal suspeita e está presa no Presídio de Tremembé.

Publicidade

A Polícia Civil acredita que Andréia teve um surto psicótico e tirou a vida do próprio filho na cozinha do apartamento onde morava com a tia e outra filha, um adolescente de 13 anos. De acordo com a família, a mulher já havia tido surtos em quatro oportunidades.

O pai de Gael contou à Record TV que Andréia tinha mudanças de humor, mas que nunca a viu tendo um surto. Ao Cidade Alerta, ele contou que não quer olhar na cara dela, que espera que a polícia esclareça o caso e revelou o pedido que fez para a mulher quando se casaram. 

Publicidade

“Única coisa que eu pedi quando a gente casou era que ela me desse um filho, ela me deu e três anos depois me tirou”, afirmou o homem. O corpo de Gael seria levado para a Paraíba nesta quarta-feira pela manhã.

Publicidade

Publicidade

Relacionamento dos pais do menino

O pai e a mãe de Gael se conheceram na Paraíba, onde iniciaram o relacionamento que durou dois anos. O casal se mudou para São Paulo e Andréia Freitas engravidou. Os parentes de ambos, que moram no estado do nordeste brasileiro, ficaram felizes com a notícia de gravidez.

Quando Gael tinha seis meses, o casal se separou porque o relacionamento não estava dando mais certo. A separação foi amigável e os dois sempre mantinham contato. O pai do garoto foi morar na Grande São Paulo e continuou próximo do filho.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!