in

Mãe de Gael se trancou no banheiro após morte da criança; porta teve que ser arrombada

Andréia se trancou no banheiro e porta foi arrebentada pelos oficiais que foram ao apartamento.

Reprodução Record TV / Polícia Civil SP

O menino Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, morreu na manhã de segunda-feira (10), após supostamente ter sido agredido pela mãe, Andréia Freitas, no apartamento onde moravam na Bela Vista, região central da cidade de São Paulo.

Publicidade

O menino teria sido agredido pela mãe na cozinha. A tia-avó mora com eles e contou que ouviu os choros da criança vindos da cozinha. Quando chegou ao local, encontrou Gael caído próximo da parede e da geladeira, coberto com a toalha de mesa.

Maria Nanete pegou o menino, levou para o quarto, mas percebeu que ele já estava morto. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado. Gael foi encaminhado ao hospital, mas já chegou sem vida na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Publicidade

Após o socorro ao menino, os oficiais voltaram ao apartamento e encontraram Andréia trancada no banheiro. A porta do banheiro teve que ser arrombada para que os oficiais pudessem levar a mulher. Andréia acabou presa como principal suspeita pela morte do filho.

Publicidade

Depois de depor na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher, no Cambuci, ela foi levada para o 99º DP do Morumbi, zona sul da capital. Ontem, ela foi transferida para o Presídio de Tremembé. No depoimento dado à polícia, a mãe de Gael falou sobre todo o dia da criança, mas parou de falar no momento do crime.

Publicidade

A família revelou que ela já tinha sido internada quatro vezes devido à surtos psicóticos. Os investigadores acreditam que ela teve um desses surtos na segunda-feira e tirou a vida do próprio filho. O corpo de Gael foi trasladado para a Paraíba, terra natal da família paterna.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!