in

Jovem que matou cinco pessoas em ataque a creche tem reação impactante ao ser questionado se está arrependido

Fabiano entrou na escola de ensino infantil na manhã da última terça (4) e provocou cenário de terror.

Foto: Roberto Bortolanza/NDTV - G1 - Montagem

Depois de passar oito dias internado, o jovem Fabiano Kipper Mai, responsável pelo ataque bárbaro na Escola Pró-Infantil Aquarela, na cidade de Saudades (SC), na última semana, recebeu alta médica na manhã desta quarta-feira (12), do Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó.

Publicidade

Ainda debilitado por conta dos golpes desferidos por ele mesmo sobre várias regiões do corpo, o adolescente foi levado até a viatura da polícia em uma cadeira de rodas. O assassino já estava vestido com o uniforme de presidiário.

Cobrindo o encaminhamento do jovem para a penitenciária com exclusividade, o repórter Felipe Kreusch, do Grupo ND, questionou o criminoso quais seriam as motivações para ele ter executado a chacina na escola infantil e se ele se mostrava arrependido de ter ceifado a vida de cinco inocentes. 

Publicidade

Fabiano, no entanto, permaneceu com olhar frio e adotou silêncio. A viatura deixou o HRO rumo ao Complexo Prisional de Chapecó por volta das 7h38. Em pouco mais de 20 minutos, ele chegou até a unidade prisional.

Publicidade

Publicidade

Quarentena 

De acordo com a Deap (Departamento de Administração Prisional), Fabiano cumprirá o isolamento social por 14 dias, conforme ordena o protocolo no sistema penitenciário de todo o país.

O jovem de 18 anos chegou a ficar em estado grave quando foi socorrido no interior da creche. Logo após o ataque que chocou o país, ele tentou tirar a própria vida, e acabou sendo contido por algumas pessoas que entraram na creche. No Hospital Regional do Oeste, ele passou por dois procedimentos cirúrgicos e teve uma significativa recuperação.

Antes de ser encaminhado para a penitenciária, o adolescente prestou depoimento às autoridades. As informações sobre o teor da oitiva não foram reveladas para não prejudicar as investigações. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade