in

Caso Gael: pai do garoto chora e encerra entrevista ao vivo; ‘sem condições’; vídeo

Homem não segurou a emoção ao falar do filho que morreu supostamente agredido pela mãe.

G1

A morte do garoto Gael de Freitas Nunes está chamando a atenção de todo o Brasil. O menino de três anos morreu após supostamente ter sido agredido pela própria mãe no apartamento onde moravam, no bairro Bela Vista, região central da cidade de São Paulo.

Publicidade

O caso aconteceu na manhã de segunda-feira (10). Gael chegou a ser socorrido, foi encaminhado à Santa Casa, mas não resistiu e morreu. A criança havia passado o fim de semana com o pai e foi devolvido à mãe mais cedo no domingo devido ao Dia das Mães.

O pai do garoto deu entrevista programa Balanço Geral, da Record TV, e contou que antes de entregar o filho passou em uma loja de chocolates para comprar um presente para a mãe de Gael. Apesar de separados, a relação entre pai e mãe era boa.

Publicidade

Durante a entrevista ao vivo para Reinaldo Gottino, o pai do menino não conseguiu segurar a emoção ao falar da morte do filho e desabou em lágrimas. “Eu tô sem condições mais. Obrigado”, disse ele, aos prantos, na conversa por telefone.

Publicidade

“Eu quero usar o espaço aí pra agradecer todas as mensagens de apoio que recebi. Amigos que eu não via há anos todos entraram em contato comigo para me dar uma força, meus familiares, todo mundo”, afirmou o pai do menino. Ele agradeceu pelas orações pelo filho, a quem chamava de “meu, Gael”

Publicidade

O homem também afirmou que se foi a mãe de Gael que cometeu o crime que justiça seja feita. A mulher está presa na carceragem feminina do 99º DP do Morumbi, zona sul da cidade de São Paulo. A Polícia Civil pediu que a prisão em flagrante seja convertida para prisão preventiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!