in

Bolsonaro volta a atacar a Globo: ‘aquele curral cheio de esterco não serve para nada’

No sábado,8, o presidente Bolsonaro voltou a criticar a emissora carioca ao relembrar uma fala de Nelson Piquet.

Marcos Corrêa/PR/Fotos Públicas

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar a Rede Globo no último sábado, 8, e chegou a classificar a emissora como “curral cheio de esterco”. A declaração foi feita pelo presidente durante uma breve conversa onde o chefe do Executivo comentou sobre a declaração feita pelo piloto Nelson Piquet na última sexta-feira, 7. Na ocasião, o piloto chegou a chamar a emissora carioca de “globolixo”.

Publicidade

Ao se pronunciar sobre a emissora, Bolsonaro disse que a Globo nunca entrou no Planalto e relembrou a fala dita por Nelson Piquet, ressaltando que teria que discordar do piloto já que “lixo é reciclável” e, ao seu ver, “aquele curral cheio de esterco lá da Globo não serve para nada”.

Além de caracterizar a emissora como um “curral cheio de esterco”, o presidente ainda fez questão de relembrar um episódio de 2018, onde a jornalista Miriam Leitão, durante uma sabatina com o agora presidente, tentou defender a Globo após Bolsonaro comentar sobre a relação de Roberto Marinho com o regime militar. Ao comentar sobre o episódio, Bolsonaro chegou a dizer que, em parte, a ira da imprensa vem do dinheiro que eles não têm mais, e chegou a afirmar ter baixado “alguma coisa na Miriam Leitão”.

Publicidade

Contudo, vale lembrar que as críticas de Bolsonaro direcionadas à Rede Globo não começaram há pouco tempo, já que por diversas vezes o presidente já fez duras críticas públicas contra a emissora carioca.

Publicidade

Recentemente, o presidente também chegou a chamar o Jornal Nacional de “lixo” e afirmou que preferia assistir ao Chaves do que o principal telejornal da emissora.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade