in

Após tragédia em Jacarézinho, em operação que teve 28 mortos, Bolsonaro parabeniza polícia

Bolsonaro não só parabenizou a polícia, como também homenageou um policial morto na operação.

Jovem Pan

Bolsonaro usa rede social para parabenizar polícia pela operação, com 28 mortos, cometida em Jacarézinho, comunidade do Rio de Janeiro.

Publicidade

Na noite deste domingo, 9 de maio, o presidente Jair Bolsonaro usou sua rede social para falar sobre a operação da polícia no Jacarézinho, comunidade do Rio de Janeiro, que terminou em uma chacina, na qual 28 pessoas foram mortas, dentre elas um policial.

Em sua publicação, Bolsonaro aproveitou para atacar a imprensa e os partidos de esquerda. Na ocasião, Bolsonaro afirmou que a mídia e os partidos de esquerda querem tratar traficantes como cidadão normais.

Publicidade

Bolsonaro homenageou policial morto na operação de Jacarézinho

Na opinião do presidente, isso é uma ofensa grave a população, pois há muito tempo eles vivem como reféns nas mãos de bandidos. Em seguida, Bolsonaro parabenizou a Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Publicidade

Publicidade

Ainda na publicação, Bolsonaro presta uma homenagem a André Leonardo, policial morto durante o confronto com os traficantes. O presidente afirmou que ele será lembrado.

Esta não é a primeira vez que uma pessoa importante do executivo se manifesta sobre a operação na comunidade de Jacarézinho. Na sexta-feira (07), o vice-presidente, Hamilton Mourão, também falou sobre o caso.

Mourão deu declaração polêmica sobre operação em Jacarézinho

Mourão classificou os mortos na operação como “bandidos”. Embora a Secretária de Segurança Pública alegue que tenha sido realizada a operação conforme os protocolos, moradores da região afirmam que não.

Muitos disseram que suspeitos foram mortos e a polícia não tinha nada que comprovasse o envolvimento deles.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.